SÁBADOS, ÀS 19H, NO BOM JESUS/IELUSC

Sessão 15/8 - Eraserhead


Eraserhead

Henry Spencer é um reservado operário que vive numa cidade industrial de aspecto quase apocalíptico. Após um jantar na casa da namorada, Henry se vê obrigado a casar com Mary X, que se diz grávida dele. Após o casamento, o bebê nasce uma aberração e faz com que Mary abandone Henry para que ele cuide da criatura. Entre os gritos incessantes do bebê e a prisão do apartamento de Henry, desenvolve-se uma das estéticas mais cultuadas da sétima arte. Um sonho obscuro e perturbador, que desencadeou um dos imaginários mais poderosos da história do cinema. Obra absoluta do mestre David Lynch, surreal e expressionista, Eraserhead é um filme que leva a um estado quase hipnótico.


Eraserhead (Eraserhead)
Direção: David Lynch
Roteiro: David Lynch
Gênero: Drama/Fantasia/Terror
Origem: EUA 1977

Elenco:
Jack Nance
Charlotte Stewart
Allen Joseph
Jeanne Bates
Laurel Near
Jack Fisk
Jean Lange

::::::

4 Comments:

Carnissa said...

=D~~~ esse eu preciso ver

Wesley said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wesley said...

ERASERHEAD é A VIDA COMO ELA É

Wesley said...

muito mais expressionista do que surreal. tenho q rever o filme mas o q lembro é de se tratar d uma obra onde tudo o q a gente vê e sente brotam do nível primitivo da vida emotiva do personagem criado como crítica e analise das escolhas e forma de vida humana mais comum q para Lynch (e eu me identifico com ele nisso tb) é a mais bizarra.

surreal?
qdo?