SÁBADOS, ÀS 19H, NO BOM JESUS/IELUSC

Sessão 5/9


O Bandido da Luz Vermelha

Na década de 60, João Acácio Pereira da Costa praticou uma série de delitos na região de Santos, SP. Entre assaltos, estupros e assassinatos, foi perseguido pela polícia durante seis anos e ficou conhecido como "O Bandido da Luz Vermelha". Baseado na história do crimonoso catarinense, o filme de Rogerio Sganzerla é um marco cinematográfico no Brasil, um dos precussores do cinema marginal. Com cenas recheadas das ações dos quadrinhos a narrativa se desenrola nas locuções das rádios populares e folhetins sensacionalistas. Somando a estética do lixo e inúmeras referências à importação cultural, "O Bandido da Luz Vermelha" é um forte discurso, um grito de Sganzerla na urgência da marginalidade "contra a cultura ocidental, contra uma cultura subalterna, contra a comprometedora ideia de cultura".


O Bandido da Luz Vermelha
Direção: Rogerio Sganzerla
Roteiro: Rogerio Sganzerla
Origem: BRA/1968
Gênero: Policial / Suspense

::

8 Comments:

Wesley said...

ahahahhahahaha

vc colocou "sem essa, aranha" sem ao menos te-lo visto!

Wesley said...

eu escrevi no meu blog texto sobre cada um dos filmes que vc escolheu, se você kiser pode postá-los aqui.

Dr.Gonzo said...

Foi sugestão de um colaborador fantasma!

Massa!

Wesley said...

nossa, esse seu colaborador fantasma tem realmente um gosto bizarro para filmes.

hehehhe

GlasgOw zero said...

eu acho que eu vou

Wesley said...

ei, posta o meu texto do bandido aqui, por favor, pelo menos para alguém falar mal, dizer q adorou o filme e odiou o meu texto!

Dr.Gonzo said...

Cara... Tué um anti-ego!
Hahahhahaa...
Assim que der eu posto!

Wesley said...

oras, o meu objetivo não é mostrar para as pessoas como EU escrevo bem ou mal ou como EU entendo bem ou mal os filmes.
o meu objetivo é fazer com que se fale dos FILMES.




Sim, sou mesmo um nobre!